SUSTO NA QUARESMA


"Os antigos sempre avisam sobre o respeito que devemos ter com as tradições religiosas, pois segundo eles, podem ocorrer castigos e avistamento de estranhas criaturas nessas datas sagradas, por aqueles que desrespeitam esses períodos religiosos!"

O Relato a seguir descreve o que existe por trás desses antigos conselhos!

=================================================================================

Meu nome é Gabriel, e hoje irei contar um fato que aconteceu com meu irmão Adriano.
Quero ressaltar que meu irmão nao suporta mentiras. Entao vomos lá.


Esse fato aconteceu em uma fazenda que fica no estado de Minas Gerais.
Meus pais moraram um bom tempo nessa fazenda, e lá, além dos meus pais moravam meus avós também.
Meu irmão hoje tem 32 anos, mas na época em que ocorreu o fato ele tinha 18 anos.
Era uma quaresma, e iria passar um filme à noite na televisão, só que como meus pais não tinham aparelho de TV, meu irmão conbinou com um namorado da minha irmã de verem o filme na casa dos meus avós.
Quando chegou a noite, por volta de 21:00', meu irmão e o namorado da minha irmã foram para a casa dos meus avós, que não era muito longe de onde estávamos.

Antes do meu irmão sair da casa dos nossos pais, minha mãe disse para o meu irmão ter cuidado porque era quaresma e ele poderia ver o LOBISOMEM, aí meu irmao disse que se ele encontrasse o lobisomem ele iria "meter" a foice nele.
Depois eles foram ver o filme na casa dos meus avós.
Assistiram o filme e na volta para casa o namorado da minha irmã foi para a casa dele, e meu irmao teve que ir para casa sozinho, sendo já 00:00'.
Na volta, meu irmão veio andando por uma estrada onde havia um córrego do lado direito, sendo que em certo ponto da estrada meu irmão olhou para o córrego e viu uma criatura que estava no meio do barro.
Nesse momento meu irmão se abaixou ao lado da estrada e esperou alguns minutos, fiando ali observando.
Após alguns instantes, quando a criatura se afastou um pouco, ele correu para casa largando a foice e chinelo para trás.
Ele hegou em casa chorando e pedindo para meus pais apagarem as luzes e ficarem em silêncio.
Depois de parar de chorar ele conseguiu dormir.
No outro dia meus pais perguntaram o que tinha acontecido com ele na noite passada, e meu irmão disse que havia visto uma criatura muito feia no córrego e que ela se parecia com um porco muito grande, e tinha a parte de traz mais alta e a parte da frente era bem baixa, mas era bem grande.
O namorado da minha irmã também disse ter escutado os arames da cerca por onde passava se mexer, mas não viu nada.
Até hoje nao sabemos se o que ele viu foi um LOBISOMEM ou uma outra criatura.
sempre lenbrando que era uma quaresma e nessa fazenda não tinha nenhum animal parecido com o que ele avistou!


Gabriel Messias - Muriaé - Minas Gerais - Brasil