O MISTERIOSO DESAPARECIMENTO
DA PASTA


"Desaparecimentos misteriosos de pessoas, carros, navios, aviões, coisas e até de animais ocorrem em todo o mundo sem explicação, sendo que nunca mais são encontratos. O que seria a causa desses misteriosos desaparecimentos? Portais interdimensionais? Uma passagem temporal para outra época? Ou o que??"


O relato é sobre um desses inúmeros acontecimentos:

=========================================================================================
 
O caso que vou contar aconteceu comigo e com minha esposa na casa em que morávamos na época.
Muitas pessoas podem duvidar desse relato, mas eu garanto que foi pura verdade, pois não tenho o hábito de inventar histórias, muito menos algo desse tipo.

Na época, morávamos na anriga casa, somente eu e minha esposa, pois ainda não tínhamos filhos.
Era uma casa confortável, com dois quartos, duas salas (uma de TV e Som) e outra que servia mais como um escritório, um banheiro, cozinha, lavanderia e um porão, onde eu mantinha minhas ferramentas e fazia meus consertos e serviços quando necessário.

Um certo dia eu precisa ir à um cartório para registrar alguns documentos e tirar cópias autenticadas de outros. Então no dia anterior eu separei todos os documentos que eu iria levar no dia seguinte em uma pasata plástica com elástico, daquelas comuns que encontramos facilmente em papelarias em geral.


Dentro da pasta haviam um contrato com várias folhas, RG's meu e da minha esposa, Certidão de Casamento, Comprovante de Endereço, Comprovante de Renda, Fotos 3x4 minha e de minha esposa e mais outros papéis com cálculos e anotações.

Como eu e minha esposa iríamos sair cedo para resolver tudo que fosse necessário, eu deixei a pasta com todos os documentos sobre uma mesinha de telefone que tinha ao lado do sofá, no canto da sala que era usada como escritório. Inclusive eu avisei minha esposa sobre onde havia deixado a pasta para que ela também se lembrasse do local onde à deixaria.

É bom observar que não havia mais ninguém na casa, somente eu e minha esposa, sendo que nem visitas recebemos naquele dia.

Fomos dormir normalmente. No dia seguinte acordamos, nos trocamos, tomamos café e nos preparamos para sair.
Nesse momento eu fui pegar a pasta, a qual deixei na noite anterior sobre a mesinha do telefone ao lado so sofá, mas ela não estava lá.
Então perguntei à minha esposa se ela havia pegado a pasta e onde havia colocado. Então ela me disse que não havia pegado a pasta. Ficamos então na dúvida sobre o que teria acontecido.
Procuramos a pasta no chão, atrás do sofá, embaixo do sofá, enfim....em todos os cantos da sala e até da casa.
A pasta havia desaparecido misteriosamente, sendo que, conforme comentado, estávamos somento eu e minha esposa na casa.

Após muita procura e sem resultados, desistimos e fomos providenciar todos os documentos novamente, inclusive perdendo todos os compromisso daquele dia.
Passados alguns dias, conseguimos todos os documentos novamente e fomos ao cartório fazer o que era necessário.
Não comentamos mais sobre o assunto, embora nós dois tenhamos ficado preocupados com aquele fato misterioso.

Passados aproximadamente uns 4 meses, estava minha esposa limpando a sala (escritório), quando ela levou um susto!
Sobre a mesma mesinha do telefone, ao lado do sofá, ela encontrou a mesma pasta desaparecida meses atrás, e com um detalhes assustador: Ela estava toda coberta de pó, como se não tivesse saído dali em nenhum instante sem ninguém ter visto, sendo coberta com a poeira diária que surgem em todas as casas.

Como pôde acontecer esse fato? O que aconteceu com a pasta nesse tempo todo em que ela esteve desaparecida?
Como ninguém pode achá-la, mesmo procurando em todos os cantos da casa?

E finalmente, como ela ressurgiu do nada, e no mesmo lugar?

Já li artigos sobre dimensões paralelas, buracos no espaço tempo, portais tridimensionais e outros fenômenos físicos, e fiquei imaginando se poderia ser algum dessas perturbações que transportaram a pasta para outro local, ou será que foi alguma entidade sobrenatural?

O que aconteceu eu não sei, eu só sei que a mensagem no início do site para mim diz toda a verdade: "Nós não estamos sozinhos", mesmo em nossas casas.

 

 

Carlos - São Paulo - SP - Brasil