VISITA INDESEJADA

 

 

 

Um dia no meio do verão de 1997 eu fui visitar a minha avó. Nós estávamos sentadas na mesa da cozinha e ela começou a falar que o meu avô tinha levado ela para jantar fora na noite anterior e que eu não ia acreditar em quem ela tinha visto no restaurante! Ela não podia lembrar o nome da menina mas ela começou a descrevê-la. Era uma garota que estudou na minha classe na escola.

Ela era muito bonita com longos cabelos cacheados e ruivos, uma pele branca com um lindo par de olhos azuis. Bem, depois de conversar com a minha avó eu fui para um quarto onde ela guardava um monte de coisas, e fui xeretar pelas coisas da família. Eu me sentei para ver uma foto, de alguns anos já, que tinham todos nós em um churrasco. De repente foi como se tivesse alguma coisa me forçando a me deitar com as costas no chão e eu não conseguia me mexer ou gritar, e do nada apareceu uma névoa branca flutuando sobre mim. Ela foi tomando a forma da garota com quem eu fui para a escola, e no começo ela parecia um anjo, mas enquanto ela ia chegando mais perto e tomando mais forma, eu podia ver a maldade nos olhos dela. Ela começou a falar numa voz estridente, sofrida e com um pouco de eco "Eu vim para te levar para o inferno comigo", e de repente, assim como ela apareceu, ela desapareceu. Depois que ela sumiu eu consegui me levantar e sair correndo do quarto.

Eu fiquei tão abalada quando eu falei disso para a minha avó que ela me deu um copo de leite quente e me falou para dormir um pouco que ela ia ficar ali comigo e que tudo ia ficar bem.

Eu não sei como eu consegui dormir, mas eu dormi e sonhei que eu estava na porta do quarto me vendo dormir. Talvez eu não estivesse dormindo, mas subconscientemente me protegendo de qualquer coisa maligna que tentasse me trazer algum mal...

 

Alice - Belo Horizonte - MG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1