O ENFORCADO

 

 

 

Cerca de dezesseis anos atrás uma moça que vivia em uma casa aqui perto, teve o seu tio preso. Depois de várias tentativas mal sucedidas de fuga, ele acabou se enforcando na prisão.

Seis meses depois começaram a acontecer algumas coisas estranhas na casa dele. Cadeados que voavam, pratos que caiam no chão e se quebravam, facas eram arremessadas de um cômodo para o outro e pedras quentes caiam do céu.As pessoas começaram a ficar assustadas e chamaram bombeiros, policiais, padres e pastores, mas nada adiantava.

um dia eu estava na sala da casa da moça, enquanto ela estava tomando banho, quando ouvimos um barulho estranho no banheiro. Quando chegamos lá, a moça estava em prantos falando que ouviu passos lá dentro e quando se virou viu um pé todo cabeludo saindo do banheiro. Ela foi para o quarto dela se vestir e deu mais um grito. Quando fomos lá ver o que era de novo, vimos um vulto escuro saindo rápido do quarto. Quando entramos ela falou que tinha visto o tio dela, estava todo cabeludo e com os olhos avermelhados. Ele estava dizendo que iria levar ela e todos nós para o inferno. Depois disso a moça foi levada para um convento e um padre foi chamado para benzer a casa, e enquanto ele estava rezando, dois facões caíram do lado dele, quase cortando ele.

A moça se encontra no convento até hoje e ninguém quer comprar ou entrar naquela casa. As coisas que aconteciam lá diminuíram bastante, quase pararam. Mas de vez em quando ainda acontece alguma coisa estranha lá dentro.

Isso tudo aconteceu quando eu tinha dezessete anos, e foi a partir daí que eu comecei a acreditar no sobrenatural.

 

Karlos Adriano - Caruaru - PE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1