ASSUSTADA

 

 

 

Isso aconteceu comigo quando eu era uma garotinha. Eu tive várias outras experiências mas essa ficou realmente marcada na minha cabeça mesmo após todos esses anos. É como se tivesse acontecido ontem.

Quando eu tinha 10 anos (por acaso eu tenho 39 agora, então dá pra ver a quanto tempo foi) nós morávamos em uma casa no campo. Só tinha algumas casas em volta e nenhuma era perto da nossa.

Era uma boa casa. O meu quarto focava na frente da casa e o dos meus irmão ficava na frente do meu. Eu estava sempre assustada no meu quarto, mas numa noite eu estava mais assustada do que o usual.

Eu tinha acabado de ir para a cama e estava tentando ficar confortável na cama. A minha cama ficava com a cabeceira encostada na parede, e ficava entre o meu armário e um outro armário onde a minha mãe colocava os lençóis e outras roupas de cama e toalhas. A minha cama ficava entre os dois armários.

Assim que eu deitei a cabeça no travesseiro e fechei os olhos o outro travesseiro que ficava do lado do meu se mexeu, como se alguém tivesse deitado a cabeça lá. Isso me apavorou, mas nem tanto quanto o que aconteceu em seguida. Eu sentei na cama e olhei para o lado, onde estava o armário com os lençóis e toalhas, e de repente uma mulher apareceu e ela tinha algo nas mãos, mas eu não consegui identificar o que era. Parecia que ela estava vestindo um roupão de banho e tinha uma toalha enrolada na cabeça. Ela andou até o armário e a porta abriu, ela colocou algo lá dentro e a porta se fechou depois ela virou e andou até onde a minha cama estava e então ela desapareceu.

Eu fiquei tão assustada que eu pulei da cama, corri para o corredor e bati com tudo em uma enorme caixa de meias que o meu pai trouxe do serviço, e foi assim que os meus pais me encontraram, com o pé no ar e o resto de mim enterrada em um monte de meias dentro da caixa.

Depois disso eu implorei para os meus irmão trocarem de quarto comigo, e então nós trocamos. Eu nunca vi nada no meu quarto novo.

Pouco tempo depois nós vendemos a casa e nos mudamos para o Rio de Janeiro.

Obrigada por ter lido a minha história.

 

Gina - Rio de Janeiro - RJ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1