A ROSA

 

 

 

Essa história aconteceu comigo em junho do ano passado. Naquela época eu estava um pouco deprimida, era semana do dia dos namorados e eu não estava com ninguém. O meu namoro tinha acabado fazia pouco tempo e eu estava deprê. Todas as minhas amigas tinham saído com os seus namorados e não tinha ninguém para me fazer companhia. Eu fui para o meu quarto tranquei a porta e comecei a ouvir música e ler revista sozinha lá dentro. Então a rádio que eu estava ouvindo começou a tocar uma música romântica que eu adorava ouvir com o meu namorado, e a saudade bateu. Eu comecei a ficar deprimida e a chorar. Eu deitei na cama e fiquei ouvindo a música e chorando baixinho. De repente eu ouvi do nada um "Shhhh" como se alguém tivesse tentando me acalmar, eu fiquei meio assustada, porque a porta do quarto estava fechada e o som tava vindo de dentro do quarto. Quando eu estava me acalmando, cai do nada uma rosa na minha frente, na minha cama como se alguém tivesse soltado do teto. Ai pulei da cama, mas não tinha ninguém no quarto, ninguém no armário, nem embaixo da cama. A porta continuava trancada e eu estava no quinto andar de um prédio, era impossível ter entrado pela janela, que estava com o vidro fechado. Nunca mais nada de estranho me aconteceu, e nem tinha acontecido antes. Foi o único fato estranho na minha vida. A rosa era uma rosa normal, não durou muito, mas eu guardo ela (seca) até hoje.

 

Camila - Rio De Janeiro - RJ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1